quinta-feira, 22 de maio de 2014

Itália aumenta incentivos para doações para cultura

Pompéia, na Itália (foto: ANSA)
22 MAIO, 16:13ROMAZCC
(ANSA) - A Itália aprovou um decreto que introduz um bônus arte, um sistema de incentivos fiscais para empresas que decidirem fazer doações e patrocínios. Aquelas que aderirem poderão ter um crédito de imposto de 65% em três anos. 

    "Não falamos de patrocínios, mas de empresas que querem doar ao público fundos para restaurações. Hoje, a dedução é insignificante, mas como este passo avante nos colocamos ao lado de países como a França que criaram o patrocínio com resultados formidáveis", explicou o ministro da Cultura Dario Franceschini.


    "O (castelo) Reggia di Caserta é 20% museu e os outros 80% ocupados por outras instituições. Nós prevemos a nomeação de um comissário para enfrentar esta situação", explicou o ministro. 


    Também haverá mudanças nas "taxas crédito de cinema". "O limite de 5 milhões de euros tem impedido que grandes produções estrangeiras venham ao nosso país. Nós aumentamos para 10 milhões para cada empresa para atrair aquelas produções com uma vantagem fiscal", explicou o ministro. (ANSA)

www.ansabrasil.com.br

Nenhum comentário: